Pimenta Rosa

spicy and girlie

17 de October de 2010

Comer, Rezar, Amar… e chorar um pouquinho também.

Eu fui ao cinema achando que “Comer, Rezar, Amar” ia ser mais um clichê. Porque, vamos combinar… bom, é um clichê, né.

De gente que tá em crise, de gente que tá querendo se encontrar e fazer coisas novas.

Confesso que fui só porque tinha muuuita gente falando bem, mesmo sendo esse pacotinho americano que recomendam depois que você sai de um relacionamento e tá perdida na vida. Tipo um um vicodinzim, né. Sofrendo por causa de um broken heart? Vai assistir tal filme, então.

Nada contra, eu sou uma fiel seguidora da terapia dos filmes, tendo sempre aquele preferido pras ocasiões de ressaca, briga com o namorado, ressaca moral, TPM, momentos super felizes, enfim.

É, enfim, eu sempre perco o fio da meada, né. ¬¬

Bom, fui ver o filme sozinha, porque achei que era condizente com o tom da história, né.

Ok, mentira, eu é que não achei ninguém que conseguisse chegar no cinema do lado de casa em menos de trinta minutos, mas queria tanto ir ver que nem me importei. Frango Teriaki do Subway e uma coca gelada nunca são uma companhia ruim, after all.

Ok, Julia Roberts num tom de loiro perfeito e agradável, gotta love that. Gente que não sei porque não senta na última cadeira da fileira tortinha próxima da parede e que te faz ficar constrangida por ter que se espremer entre um estranho e o paredão azul, não é exatamente meu momento preferido.

Americano aprendendo palavra em língua latina e achando lindo falar “bidê”, e claro, sempre sendo a sensação do lugar. Confesso que isso me dá um certo soninho.

Mas eu achei o filme bom. Eu realmente gostei. Apesar de ele não ser leve como eu pensava.

Não é leve porque é real, bem real em muita coisa, na minha opinião.

Por mais que a idéia de largar tudo e sair pelo mundo com uma mochila nas costas com meia dúzia de roupas, um notebook e um caderno (e um kit básico de make muito bom, além de um anti-frizz poderoso, porque convenhamos, hein? Mesmo simples, a Liz tava toda cheia de dignidade no meio do inferno indiano) seja atraente, quantas pessoas fazem isso, né? Eu digo, fazem isso de verdade.

E quem faz, sempre volta com histórias maravilhosas e com detalhes exóticos, do tipo “Mas você precisa conhecer a Indonésia, foi lá que eu achei a minha paz interior” ou “Eu nunca tinha realmente vivido até comer gafanhoto frito em Taiwan” ou sei lá o que esse povo que vai pros lugares exóticos faz, mas enfim, as pessoas nunca realmente falam de como superaram as merdas da vida longe de casa, né? De quantos dias choraram, de quantos dias sofreram, de quantas vezes pensaram que nunca tinham feito besteira maior do que comprar a passagem de avião que os tinha levado pra aquele fim de mundo.

E esse filme mostrou bem isso. Achei legal ver a Liz perdida mesmo em muitos momentos, sem certeza de porcaria nenhuma na vida, sem conseguir se concentrar naquela porcaria de meditação, encarando dolorosamente os fracassos amorosos. E, no final, não saí com aquela ilusão gostosa de “ah, mas tava tudo dando errado porque você não tava com o cara certo” que vários desses filmecos comerciais nos deixam, tão deliciosamente alienadas.

Saí sozinha, às nove da noite (e com um certo medinho de roubarem meu relógio), com certeza de várias coisas que a gente no fundinho sabe, mas prefere esquecer ou evita de pensar sobre.

- Nada dura pra sempre.

- É mais importante que você seja capaz de perdoar a si mesmo do que que qualquer outra pessoa te perdoe.

- Não existe um lugar no mundo que resolva magicamente os seus problemas apenas por você ter pisado naquele solo sagrado. Nem a mais linda cidade turística, nem o mais espiritual dos templos. No final, se você não mudar o que está errado dentro de você mesmo, tudo por fora vai continuar errado também.

- Você vai ficar bem. E você vai ficar mal de novo. E vai ser assim pra sempre.

Hum, ok, e Javier Baden.

Mi, não adianta, não consigo achar esse cara bonito.

Ele tem cara de… sei lá, de jaca. E parece que falta um pedaço do nariz dele também. Ai, não sei.

Mas ele tem mãos grandes (o que é bom) e, no filme, ele tem alguma coisa de afetuoso que simplesmente me dá vontade de falar:

- Ah, vem cá, seu grande mela cueca, me dá logo um abraço, vai.

Quer dizer, senti sex appeal zero vindo daquela cara de cachorro, mas agora já sinto simpatia.

Mas não adiaaaantaa, gente, eu não sei aonde é que vocês acham aquele homem bonito!

47 Comments on Comer, Rezar, Amar… e chorar um pouquinho também.

  1. avatar
    Milena
    October 17, 2010 at 5:55 pm (1285 days ago)

    Mas ele não é bonito mesmo, não no sentido tradicional da palavra.
    As feições não são áureas, nem têm aquele jeito perfeitamente simétrico, que é a beleza unânime.

    Mas ele tem muito charme, e cara e jeito de MACHO. haha
    Eu acho que ele acaba *ficando* bonito, no final, por causa dessa postura envolvente e tal.

    Mas acho também que tem a ver com idade. Eu provavelmente não o acharia grandes coisas lá pelos meus 20 anos… Hoje eu me interesso por outras características, mais pelo conjunto.
    Na verdade, eu ando até meio enjoada de rostinhos harmoniosamente perfeitos.

    Acho que a Julia se enquadra nesse caso também.
    Analisando traço a traço, ela não é nem um pouco bonita. Mas aí ela abre a boca e vc vê que o sorriso dela é iluminado, o rosto todo se acende e vc se pega meio hipnotizada. rs
    Aí, ela acaba ficando linda, mesmo sendo meio feia. hehe

    Quanto ao filme, eu quero ver, mas tô meio sem coragem. Precisa estar num dia bom, acho. Apesar de eu achar que vou gostar.
    Talvez eu espere até sair do cinema.

    Vc já viu Closer, com ela também? Também tem esse baque da realidade da situação, e é muito interessante.
    Filmão.

    Beijos, saudades das suas resenhas.

    Eu fiquei lembrando hj doq vc tinha dito dele no twitter, haha
    Tipo, ele não é bonito ou harmoniosamente simétrico mesmo, mas ele tem algo de muito gostável. Sei lá, como pessoa, e não como sex symbol.

    Ele me lembra um.. um.. como é que chama aquele cachorro? Aquele peludão e grandão, hahaha

    Mas eu gostei do q vc disse nesse comment, e eu concordo.

    E sim, vá num dia que vc esteja bem, pq eu fiquei chorando constrangida do lado do cara que eu não conhecia e saí toda procurando sentido na vida, um porre.

    E saudades de vc! :)

    Beijos!

    Reply
  2. avatar
    Bianca
    October 17, 2010 at 6:03 pm (1285 days ago)

    Fê, ele não é bonito nem charmoso nem nada de bom!!

    Ele é simplesmente o cão chupando manga!!!!!!!!!!!

    Toca aqui, ameega! o/

    Aeee! o/

    Reply
  3. avatar
    Bia
    October 17, 2010 at 6:25 pm (1285 days ago)

    Ai Feh, bonita sou eu acordando remelenta, o Javier é gato pra caralho!!! Mamãezinha, saí passando mal do cinema, ele é o puro creme do charme! Tocando ainda uma bossa nova quando ele chega….nhóim!
    Eu tbm fui ao cinema esperando mais um clichêzão, mas achei o filme muito gracinha, a Julia Roberts tá muito “gente como a gente” tirando a parte do cabelo perfeito…

    Reply
  4. avatar
    Luciana Fraga
    October 17, 2010 at 7:11 pm (1285 days ago)

    Fernanda, seu blog é muito bom, sempre entro mas nunca comento!
    Te achei uma vez por acaso, entre os blogs linkados em um outro blog de beleza, e entrei pra ver as dicas da Rua Augusta. Desde então, tenho me divertido muito com os posts.
    Estudo jornalismo na Unesp de Bauru e divido apê com uma menina que também lê… e ela pegou sua receita de cheesecake, fez no aniversário da nossa outra amiga e fez muito sucesso!

    Também vi esse filme essa semana e achei que ia ser mais do mesmo, mas gostei bastante!
    E o Javier não me atrai tanto, mas acho que ele tem um charme, um carisma, uma cara de macho uahhuaha
    Só que ele falando português foi muuuito forçado, a gente ria no filme.

    Beijos

    Reply
  5. avatar
    aninha
    October 17, 2010 at 7:15 pm (1285 days ago)

    ahhh eu nao assisti ainda, acredita ??? por falta de tempo( jurooo) pretendo ir durante a semana depois das 3 infernais provas q os profs resolveram marcar umas atras da outra!
    tbm soh estou ouvindo falar bem do filme… pra ser sincera nao gostei muito do livro, mas quero suuuuper ver o filme!

    javier nao eh dos mais bonitos, mas tem la seu charme, vai! ;) hahaha

    beijos fefa!

    e obrigada por atualizar, eu ja estava ficando doente hahaha

    Reply
  6. avatar
    Pati
    October 17, 2010 at 7:27 pm (1285 days ago)

    Ah, Fer…ele tem cara de cavalo..kkkk

    Ele está um “pouco menos pior” em Vicky Cristina Barcelona, mas o nariz faltando um pedaço tá lá…kkkk

    Tb queria ver esse filme, mas sozinha e sem ninguém saber…kkkk…principalmente meu marido, q abomina os “filmes mulherzinha”…se soubesse te fazia companhia…rsrsrs

    Bjim e boa noite, pq amanhã é um lindo dia, afinal meu marido volta de viagem e tá me trazendo Lush e esmaltes lindos…kkkk…mas claro q o importante é tê-lo de volta nessas noites frias…rsrsrs

    Reply
  7. avatar
    Gabi Rebello
    October 17, 2010 at 8:03 pm (1285 days ago)

    Que conincidência! Fui ver Comer Rezar Amar sábado também, mas eu já tinha lido o livro lááááá em fevereiro e digo: leia o livro. A história desse ano da vida da Elizabeth é bem mais complexa, profunda e até perturbadora do que o que foi mostrado no filme. Só o divórcio é algo que arrasa completamente com ela, por exemplo.

    Quando eu sai do cinema, comentei justamente com o meu namorado que o que faz desta história um hit, um best-seller, deve ser mesmo esse sentimento de identificação. Não importa como, você consegue se enxergar em muitos momentos em situações parecidas com as vividas por ela. É real, acontece, é a vida. Mas o melhor é que, como você disse, a gente sai de lá com algumas idéias que estavam meio escondidas dentro de nós mesmos. É interessante.

    E olha só, a única coisa que consegui fazer foi assm… rir da cara do Javier falando português…pseudo português. Porque teve uma hora que eu não entendi patavinas do que aquele ser estava falando. Namorado disse que deviam ter chamado o Alexandre Borges para o papel e eu até que meio que concordo, viu? Super sem sal esse ator aí. XP

    Beijocas, Fefeh!

    Reply
  8. avatar
    MClara
    October 17, 2010 at 8:06 pm (1285 days ago)

    nao assisti ainda… queria ter ido com minha mamy no feriado, mas nao deu e agora ela foi embora =(
    hj fui com meu irmao ver “Tropa de Elite 2″, vc viu? gostei, viu. Bastante eu diria. Talvez ate melhor que o 1º, sabia!?!?!

    Quanto ao Javier Baden…
    eu o acho charmosééésimo, Feh!!!
    só não usemos como exemplo “Onde os fracos não têm vez” pq ai eu reforço o coro!!! kkkk
    mas tb, neh, oq seria do azul se tds gostassem do amarelo… rs

    Mas, nao, oq eu pre-ci-so comentar é o fato de ele ter mãos grandes!!!

    OMG, SERÁ QUE EU ENCONTREI ALOKA DA MÃO, JUST LIKE ME?!?!?!?

    isso chama muito a minha atenção e eu detesto mãos pequenas!! e como as minhas são (bem) grandinhas, os boys não podem ter mãos menores do que as minhas… hohoho

    aiaiai… 1h da manhã e eu aqui divagando…
    bjinhus, querida! boa semana!

    Reply
  9. avatar
    lyz
    October 17, 2010 at 8:18 pm (1285 days ago)

    muuuuito bom o filme! acho q nao so pra quem ta em crise querendo se encontrar, mas praquelas pessoas que amam viajar nao so por passear, mas por poder ter a experiencia de conhecer culturas diferentes e pessoas novas e diferentes do que vc ta acostumada. eh muuuuito bom, esse filme so aumentou meu desejo de me formar e ir mimbora estudar em outro pais. e o javier, ow criatura feia hein? hahahaha e o portugues dele me fazia rir, vale comentar q li em algum lugar que julia roberts achava q ele falava portugues perfeito, e algum jornalista disse a ela q o sotaque dele era pessimo, ela ficou rindo e com pena dele. hahaha
    to muito afim de ler o livro e ver toda essa profundidade que as pessoas falam =)

    Reply
  10. avatar
    Laís
    October 18, 2010 at 3:17 am (1284 days ago)

    Todo mundo esta falando tão bem desse filme que eu estou louca pra assistir, mas sem coragem de pagar varios dinheiros para ir ao cinema (não sou mais estudante =P)
    mas qdo eu for, vou sozinha, pq pelos comments tô até vendo o ser se acabando em prantos…hahahah

    bjs

    Reply
  11. avatar
    Thaís
    October 18, 2010 at 3:39 am (1284 days ago)

    Cara! Ele não é nada bonito. Vc já viu o filme Onde os fracos não tem vez? Ele parece o shrek sem ser verde, com um cabelinho quase chanel… ah! me poupe! bonito é o Matthew McConaughey!

    Reply
  12. avatar
    Lígia
    October 18, 2010 at 6:25 am (1284 days ago)

    oie, adorei o post…
    mas posso ser uma chatinha? hehehe
    seria legal um post com os filmes recomendados para tal tipo de coisa…
    briguei com o namorado= assista tal…
    briguei com o cachorro=…kkkk
    com a sua opinião
    com certeza acho que todas iriam adorar
    bjim

    Não achei chatinha não, Lígia, gostei da idéia, pra te falar a verdade..

    Vou pensar nisso, e se pá faço um post mais pra frente sim. ;)

    Bjos!

    Reply
  13. avatar
    renata martins
    October 18, 2010 at 7:17 am (1284 days ago)

    Ele não é bonito! Mas ele é um charme… eu pegaria, fácil! hahaha
    Fiquei com vontade de ver o filme hoje.. acho que vou tb, sozinha. Ou acompanhada de um subway de rosbife e coca, que seja.
    Adoro seus textos, vc devia escrever mais :)
    Bjs!

    Reply
  14. avatar
    Thays
    October 18, 2010 at 7:44 am (1284 days ago)

    Preferi mil vezes o livro. Eu sempre me decepciono com os filmes baseados em livros, ainda mais os que tem o mesmo título. Achei o filme gostoso de ver.
    Tb concordo que ele é uó de feio, acho que tomei trauma daquele filme Onde os fracos não tem vez, ele era muito ruim.

    Reply
  15. avatar
    pri
    October 18, 2010 at 12:45 pm (1284 days ago)

    adorei a piração…
    leio sempre… hahaha
    to na fase da 2ª e 3ª certezas…
    é dificil engolir isso ne?
    bjks
    Pri

    Reply
  16. avatar
    Cristiane Toledo
    October 18, 2010 at 12:55 pm (1284 days ago)

    SEMPRE peço frango teriaki no subway, é o melhor q tem! hasuhashu
    To doida p ver esse filme, mas to esperando um dia q eu esteja mais no clima… Para nao sair totalmente deprimida e desiludida com a vida, ne?!
    Beijos Fer!

    Reply
  17. avatar
    Renata
    October 18, 2010 at 1:36 pm (1284 days ago)

    Olá Feh!
    Juro, se você escrevesse livros eu devoraria cada um deles. Adoro o que/como você escreve.
    É a primeira vez que comento aqui no seu blog……….conheci por acaso semana passada e já lí um moooooonte de posts antigos.
    Leio praticamente um mês por dia.

    Você pessoalmente deve ser muito figura……rsrs.

    Bjos

    Reply
  18. avatar
    Mariana
    October 18, 2010 at 3:19 pm (1284 days ago)

    feh, o filme é uma versão bem superficial do livro…
    no filme, ficou muito fraco o motivo que a levou viajar por um ano pelos três países que começam com a letra I…
    vc precisa ver as experiências que ela teve na Índia, que maravilhosas… elas foram “cortadas” e alteradas para o cinema.
    Por eu ter lido o livro antes, não curti o filme, infelizmente, não captaram bem o drama interno que ela estava vivendo, nem as experiências espirituais e reflexões que ela teve.
    bjs

    Reply
  19. avatar
    Bianca Ladyhawke
    October 18, 2010 at 3:39 pm (1284 days ago)

    Eu tb naum curto aquele cara… e adoraria que tivesse subway na minha cidade, mas nem shopping tem, so… Ah, quero muito ver esse filme, mas vou acabar indo com o noivo ver tropa de elite, que ele tá doido pra ver e que eu vou acabar topando, heheh Beeeijo

    Reply
  20. avatar
    Mi
    October 18, 2010 at 5:28 pm (1284 days ago)

    também super saí procurando sentido pra vida…rs aliás, acho que felizmente, saí encontrando sentido pra vida. Meu marido diz q eu sou louca, mas eu acho a tristeza mto bonita…qdo a gte se vê numa droga de situação e arruma de alguma forma, convencional ou não, um jeito de dar um sentido pra aquilo e continuar vivendo, bem ou mais ou menos, é incrível. ADORO filme que faz isso com a gente. Assisti hoje, sozinha tb…ainda tô no climão do filme. =)

    E sim, falta uma parte do nariz dele. Super estranho, reparei nesse filme mesmo…

    Reply
  21. avatar
    Rafaella
    October 18, 2010 at 6:30 pm (1284 days ago)

    Oooolhaa eu também não acho ele bonito não,pra mim, sinceramente, ele tem meio cara de maníaco sabe… não sei não.. tipo o taradão parado na esquina, sei lá.
    Mas vou ver o filme também, tá todo mundo falando bem dele :D

    Reply
  22. avatar
    Joyce
    October 18, 2010 at 7:10 pm (1284 days ago)

    Javier? posso falar? paxonei por ele em “mar adentro”, do Almodovar, no qual ele faz um tetraplegico nada sexy. achei o cara foda como atorzão mesmo. depois disso foi um pulo pra percepção do seu conjunto maravilhoso. é a cara de macho q as meninas falaram, a voz, td a coisa latina suburbana com banho de loja…não sei. só acho ele muito bonito. já viu mar adentro? VEJA. e conta aqui depois, adoro qd vc fala de filmes, mesmo qd fala 500 vezes de “ele não está tão afim de vc”
    :*

    Reply
  23. avatar
    Larissa Nunes
    October 18, 2010 at 9:02 pm (1284 days ago)

    feeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeh ezmeralde!!!
    O povo tá louco pra ver esse filme aqui e eu não consegui me convencer ainda de que devo assistir.
    Javier Bardem bonito? Never! O povo vive comparando com jeffrey Dean morgan ( tá, parecem, mas eu tb não consigo achar bonito).
    Saudades!
    :***

    Reply
  24. avatar
    Thaís Coelho
    October 19, 2010 at 5:34 am (1283 days ago)

    Ai, que alívio ver que não sou só eu que acho ele medonho!
    Sério, nem charme eu vejo alí. Acho que ele tem muita cara de psicopata (ok, traumatizei com Onde os Fracos não tem vez).

    O filme não vi ainda, o namorado não gosta desse tipo de filme, e ainda não encontrei ninguém para ir comigo hehehe

    Beijo!

    Reply
  25. avatar
    Fernanda
    October 19, 2010 at 8:07 am (1283 days ago)

    Fer,

    Confesso que tenho uma certa implicância com pessoas que largam tudo ou tem um ano sabático, pq eu não conseguiria (hoje) ter nem um mês sabático: onde essas pessoas RYCAS arrumam dinheiro, Deus? Fico pensando nisso. De que fica mais fácil encarar as merdas da vida se vc tem dinheiro para passar um ano viajando, sem precisar acordar cedo nem trabalhar.

    Oi? Tpm? Quem está de tpm aqui? hahhaha

    Bjs

    Reply
  26. avatar
    Maíra dos Anjos
    October 19, 2010 at 10:18 am (1283 days ago)

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    amei a resenha… mas gosteeei mesmo é de veeee NASCIMENTO GOSTOSAAAO… kkkkkkkkkkkkkkk

    nao que vagner moura seja um homem bonito. mas ele tem uma coisa do tipo VEEEEEEM AKI E ME BEIJA.. kkkkkkkkkkkkkkk

    adorei tropa 2. kkkkkkkkkkkkkkk adoro tropa 1.
    e sim. é filme de menino. mas achei o 2 mais inteligente e menos tiro que o primeiro.

    enfim. FACA NA CAVEIRA. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    http://www.burguesinhadesalariominimo.com.br

    Reply
  27. avatar
    Flah
    October 19, 2010 at 11:27 am (1283 days ago)

    GENTEEEEE… QUEM GOSTOU DO FILME, LEIA O LIVRO, PLIX!
    Sinceramente, Fe?
    Não gostei do filme. Se fosse só um filme, até seria interessante. Mas como eu já havia lido o livro, sai bastante decepcionada.
    Há muitos dramas que ela vive, especialmente no início, em que conta toooooooodo o drama da separação e o motivo dessa viagem, que não aparecem no filme e que tiram um pouco do sentido da historia. O aparecimento do outro namorado dela, o David, no livro ela conta em detalhes tudo o que se passava.. no filme, mal deu pra entender essa parte da historia..
    Alem de que, claro, a forma como ela escreve, irreverente e super engraçada, não tem como aparecer no filme. Ou seja, vale muito a pena ler o livro. Muito melhor que o filme.

    E convenhamos, o cara é feio demais. Fiquei de cara com a escolha, ele é o garanhão dela? haahahha
    E ele dando selinho no filho falando que isso é normal no Brasil tb eh demais pra mim.. hahahah

    =)

    Reply
  28. avatar
    Marina
    October 19, 2010 at 6:13 pm (1283 days ago)

    Meu Deeeeus, acho ele mto feio!!! ‘Queles olhos esbugalhados… sei la!
    Gostei do filme! Achei q ia ser mto mais mela cueca do q realmente foi! haha
    Bjss

    Reply
  29. avatar
    Camila
    October 19, 2010 at 7:47 pm (1283 days ago)

    Olha, não sou uma menina que se possa dizer:
    “Nosaaaa como ela participa dos blogs”. Sou uma mera leitora.
    Tá bom, confesso que também tenho preguiça de textos grandes e sempre pulo todos, MAS, PORÉM, CONTUDO, ENTRETANTO me diviiiirto lendo o que vc escreve! AMO mesmo mesmo.

    A DO RO

    Reply
  30. avatar
    patricia
    October 20, 2010 at 6:44 am (1282 days ago)

    realmente o javier bardem ñ é bonito, mas tem um cara q é bem parecido com ele, mas eu acho um gato, como pode? O nome dele é Jeffrey Dean Morgan, fala sério, lindo demais!
    E será q eu sou a única pessoa q ñ curte o teriaki? meu preferido é o rosbife.
    bgos

    Reply
  31. avatar
    Pink Rose
    October 20, 2010 at 7:36 am (1282 days ago)

    Eu tb li o livro antes, como a Flah e também achei o filme sem graaaaça toda vida. Mas enfim, a história da Liz serve pra essas coisas q vc citou no post mesmo, de encarar o que tah errado na gente pq senão, nada vai mudar ao redor. Li o livro em crise, tanto que chorei nos primeiros seis capítulos todos… rs. Minha prima me achava doida, pq eu chorava e ria, chorava e ria, pq a Liz tb é mto engraçada, então eu ficava confusa… huahauhauaa… De todo o modo! Leiam o livro só depois de ver o filme, pq acho melhor.

    Bjos, Feh.

    Reply
  32. avatar
    Duda
    October 21, 2010 at 9:35 am (1281 days ago)

    Javier Barden o MAIS PURO REPRESENTANTE DO MACHO ALFA q eu jah vi na vida EVER!!!!!!!!!!!!

    Reply
  33. avatar
    Duda
    October 21, 2010 at 9:38 am (1281 days ago)

    O filme eh uma delícia pura, super pra cima..o livro eh mais
    completo (obvious) mas a essência permaneceu inalterada!
    bjuX

    Reply
  34. avatar
    Marcela
    October 21, 2010 at 12:17 pm (1281 days ago)

    Ai, Feh.. quase nunca comento, mas hoje não deu pra ignorar..
    O que você falou é certo demais. Não é um lugar que vai te mudar, de maneira nenhuma.
    Estou falando desse assunto, pq esse é o exato momento da minha vida.. passei os últimos 3 anos estudando francês sem pretensão nenhuma de realmebte morar na França.. tinha o sonho, mas parecia muito distante. Aí terminei a faculdade, tive uma desilusão amorosa (e pessoal) daquelas que bagunça a gente por inteiro e em seguida me vi querendo sumir, fugir.. começar de novo, talvez. Eu, que até então mal me imaginava longe de amigos e família, fiquei com a idéia na cabeça. Como tinha acabado de terminar a faculdade, nada me prendia realmente ao Brasil.. resolvi tentar.. acabei conseguindo uma bolsa de estudos e há 2 meses estou fazendo pós-graduação na França. Não é uma cidade exótica – nem muito turística. Mas aqui estou.. vivendo sozinha pela primeira vez, tendo que lidar com os problemas, medos e angústias sozinha.. tendo que aprender a gostar da minha própria companhia. Você está certa.. alguns dias são péssimos.. e não importa que vc esteja realizando seu sonho, tudo que vc queria era tomar o café da manhã com a sua mãe, ou ver um filme bobinho com as suas amigas.. Mas quer saber? A gente cresce muito!!! Não é o lugar que te muda, mas a situação toda te coloca numa perspectiva diferente.. vc sabe que essa experiência tem potencial pra ser a melhor da sua vida e de alguma maneira vc acaba vivendo tudo intensamente. Os laços se formam muito rápido, os sentimentos são extremamente intensos.. o mundo ao redor é completamente diferente e é curioso como vc se surpreende todos os dias. Então não, fácil não é.. só eu sei que em 2 meses não consegui resolver nem metade dos meus conflitos.. mas já me sinto mais forte. Quem sabe daqui um ano e pouco eu não venho te contar o resultado disso tudo..
    Sem querer me alongar demais, adoro seu blog.. e estou à disposição pra qualquer coisa que precisar saber aqui da França.. é a terra da moda e dos cosméticos, afinal.
    Desculpe a terapia aqui no seu blog.. e obrigada.
    Beijos ^^

    Reply
  35. avatar
    Polly
    October 21, 2010 at 12:25 pm (1281 days ago)

    Fê, sempre leio seus posts, mas nunca comento…pq né…tudo em prol de evitar a fadiga! Hahahahaha!!!!! @_@

    Então, eu ainda não assisti a esse filme, mas fiquei muito interessada desde o trailer….mas eu tinha esquecido! Se vocÊ não comentasse nesse post….já era!

    Eu acho o Javier bonito sim, até porque eu não ligo para beleza convencional (tipo Brad Gato Pitt). Desde nova (eu ainda sou nova, peraí! Tô na casa dos 20!) sempre relacionei beleza à personalidade, por isso às vezes pessoas lindas aos olhos dos outros são mais ou menos para mim, porque não me apresentam muita coisa…(hj em dia eu acho o Brad bonito porque vejo que ele não usa a beleza dele como cartão de visita, sabe? Ele realmente é um homem interessante! E com a Angie forma o casal mais prefeito que já vi!!!

    Tanto o Javier quanto a Julies têm esse tipo de beleza…a que se basiea na luz interior…

    Obrigada pelo post, agora anotei para não esquecer de assistir ao filme (nova na idade, velha de espírito! Haha!)

    Beijos!!!!

    Então, eu tbm sempre acho as pessoas bonitas de acordo com a personalidade dela (e realmente, não acho tanta graça no Brad Pitt, nem curto loiros), mas eu acho o Javier muuuuuuuuuuuuuito estranho!

    Não adianta! Muitas bolsas, pouco nariz!! :(

    Bjosss

    Reply
  36. avatar
    Thais
    October 21, 2010 at 2:02 pm (1281 days ago)

    Li o livro e amei, mas fiquei um pouquinho decepcionada com o filme. Achei fraco.
    Mas um detalhe me surpreendeu: o James Franco participa do filme, não sabia disso.
    E tendo o delícia do James Franco, quem quer saber de Javier Barden?

    Reply
  37. avatar
    Raquel Carvalho
    October 22, 2010 at 1:30 pm (1280 days ago)

    Fefeh!!

    Ainda não vi esse filme, mas tô com vontade. E eu AMO e ao cinema sozinha! Apesar do namorado não se importar de ver esse tipo de filme (contando que eu veja um do jeito que ele gosta), esse daí parece ser daqueles pra ir só e pensar, pensar, pensar…

    E quanto ao Javier.. bem, acho que ele é muito estranho! E acho tbm que a voz dele não combina. :P

    Beijos, Fefeh!

    Reply
  38. avatar
    vanessa
    October 22, 2010 at 4:41 pm (1280 days ago)

    Parabéns pelo q escreveu, adoro seus textos vc escreve muito bem Fê!!! Não estou num bom momento, então admito q adorei a sua frase “Você vai ficar bem. E você vai ficar mal de novo. E vai ser assim pra sempre.” Q bom, qdo a gente tá sofrendo, parece q aquilo nunca vai passar, mas passa… um dia passa… Bjsss

    Reply
  39. avatar
    Paula
    October 23, 2010 at 9:30 am (1279 days ago)

    AH!, eu ainda não assisti, no finzin de mundo que eu moro ainda não chegou (se é que vai chegar) esse filme, perdi a oportunidade de assisti-lo essa semana que eu fui pro rio :~
    mas enfim, Javier é um tanto quanto charmoso, esse jeito dele de homem, a fala, acho que é isso que o deixa bonito, admirável… e vamo combina que tá na frente de muuuuuuitos homens por aí! hahahaha Fer, ir no cinema sozinho é mara!! vc vai a hora que quer, não tem q esperar ngm ficar pronto (sim, isso é um desabafo! haha), pode comer a pipoca toda sozinha e beber um copão de coca inteiro haha.. frango teriaki eu não gosto, mas não dispenso um lanchinho de atum do sub *-* haha bjos

    Reply
  40. avatar
    Paulinha Soares
    October 25, 2010 at 6:22 am (1277 days ago)

    Adoreeeei sua resenha!

    Concordo com o que vc disse, inclusive sobre o Javier Baden. Hehehehe

    Reply
  41. avatar
    Paula
    October 28, 2010 at 11:55 am (1274 days ago)

    O homem é meio esquisitinho mesmo.

    Reply
  42. avatar
    Ray
    November 10, 2010 at 12:24 pm (1261 days ago)

    adoro seu site

    Reply
  43. avatar
    Fabiana Marques
    December 6, 2010 at 4:47 am (1235 days ago)

    Vc deveria ler o livro, sei que tá sem tempo, mas é mil vezes melhor que o filme, mais envolvente e supreendente, assim, encantador que ninguém consegue tirá-lo das minhas mãos…

    Reply

1Pingbacks & Trackbacks on Comer, Rezar, Amar… e chorar um pouquinho também.

Leave a reply