Pimenta Rosa

spicy and girlie

May 2009 archive

31 de May de 2009

Uhuul!


Finalmente vocês vão ver uma constância nas fotos aqui do Pimenta!

Como vocês sabem, eu tiro as fotos dos produtos, makes e swatches com o meu celular, um Sony Ericsson K550i.
A câmera é boa, com resolução de 2MP, mas não faz milagres, né.
Tem que contar com a luz natural, o flash é uma desgraça e de noite então, esquece. Não sai nada.



Dependendo do lugar onde eu tiro, as fotos saem realmente boas. Meu lugar preferido é em frente à janela do quarto da minha mãe, em São João. Tiro durante à tarde e as cores ficam fiéis e a resolução, bem satisfatória.

Não me entendam mal, eu amo meu celular, que além de ser também minha câmera é também meu mp3 e muitas vezes, pen drive. Mas o meu sonho sempre foi ter uma câmera fodona, daquelas que pegam até o que tem dentro do poro da pessoa (não que a gente queira ver) e que tem tantas funções que precisa de um intensivão pra aprender a mexer.

Mas, né. Eu nunca tinha grana.

Não sou tão boa em juntar grandes quantias de dinheiro, sofro de uma condição monetária chamada “estudante” e sempre tem aquela coisinha aqui que você quer comprar, outra ali.. e quando vê, já foi.

Mas hoje, depois de muitos e muitos e muitos – e muitos – meses, é com MUITO ORGULHO que eu apresento a minha câmera nova, a Canon Power Shot SX110 IS! UHUUUUUUL!


Pedi pro meu irmão me ajudar a achar um modelo que tivesse um zoom legal, desse pra tirar boas fotos à noite, não distorcesse as cores e cujo preço não me fizesse refém de agiotas. Ou seja, tudo que eu preciso pra tirar fotos dygnas das makes.

Eu e meu namorado compramos juntos no Stand Center (primeiro bem em comum, agora já rola partilha se tiver desquite), carinhosamente chamado de “Xing Ling”.  Porumapechincha. 

Resolução de 9MP, zoom óptico de 10 x e memória de 4GB! 

Fiquei tão feliz que vim contar pra vocês, porque creuza que é creuza sempre conta os bons negócios pra ajudar azamiga, né?

Quem precisar de uma câmera a preços muito bons, dê uma fuçada lá. Claro, sempre chore um desconto, peça pra testar na hora e cheque se você está levando tudo. Eu mesma descobri que o cabo do carregador não veio. Vou ter que voltar lá amanhã. Crap.

Mas tudo bem. O importante é que agora as fotos daqui vão ser de rái quáliti, ho ho ho!
29 de May de 2009

Café da manhã com a Impala: Beleza Mundial 2009


Pessoas, deixem-me contar um bafão. Aliás, VÁRIOS!

Ontem fui a um evento a convite da Impala (sim, a dos esmaltes!), café da manhã entre a galera da Mundial, Joy, várias blogueiras além de, é lógico, a Impala.
Rolou no Hotel Blue Tree Towers, na Brigadeiro Faria Lima.

Fomos convidadas pra conhecer o Beleza Mundial 2009, que é um concurso para descobrir novas modelos Brasil afora, com um diferencial: quem indicam as candidatas são as suas manicures!

Isso mesmo. As manicures vão dar aquela força pras meninas bonitas que elas atendem e vão receber prêmios por suas indicações!
Quem indicar mais meninas leva a bolada de R$5000,00 e a que indicar a ganhadora leva um carro zero.

O que esse concurso tem de diferente? Segundo o presidente da Mundial, a preocupação com as modelos depois dos quinze minutos de fama. Eles querem oferecer mais do que um boom inicial, e sim, uma carreira planejada.

A 1ª colocada leva um contrato internacional de 3 meses com a Joy Milão e com a Mundial, além de aparecer na capa da revista L’Officiel do mês de Novembro e um carrão zero km!

E as três primeiras colocadas ganham um contrato de 2 anos com a Joy São Paulo e a Mundial.

Michel, presidente da Mundial contando pra gente que a Impala é a marca de esmaltes com a maior gama de cores do mundo e Liliana, da Joy Models, falando mais sobre o concurso.

Algumas das modelos da Joy foram falar sobre o andamento de suas carreiras e como a vida delas mudou depois de serem descobertas.



Como não podia ser, num evento sobre modelos, rolou um debate sobre o padrão da mulher de capa de revista e a do cotidiano nosso de cada dia.
Por que, né. Sejamos sinceros. 

Em que mundo a gente vive, gente? Mundo de pessoas normais, de pessoas com celulite, onde nem todo mundo tem um 1,85 e um quadril inexistente.
Porque então nós vamos nos espelhar em mulheres que são completamente o nosso oposto?

Eu malemá tenho um metro e sessenta, uso calça 40 e garanto que não me identifico com uma modelo de 15 anos fotoshopada na capa de uma revista, toda produzida pra parecer sexy enquanto a primeira menstruação ainda nem veio.

Foi importante conversar sobre isso e poder falar diretamente pra uma agência de modelos do porte da Joy sobre as mudanças que a gente quer. Nós também queremos espaço pra gentecomoagente (vibe Netinho) nessa mídia fashion.

O magro e alto nunca vão sair de moda, mas não precisa ser ditadura, né?
E eu acho que tem espaço pra outros tipos de beleza também.

E é aí que entramos nós, blogueiras.


Vocês sabiam 80% das consumidoras são influenciadas pela mídia dos blogs e da internet?
Gente, é muita coisa. Muita mesmo.

E a Impala percebeu isso e fez uma iniciativa ótima: chamar a gente pra saber o que vocês, leitoras e consumidoras, estão querendo.

Pensem só, galera. 
Nós podemos babar naquela pele linda da capa da Nova, mas ainda sim sabemos que nunca vai dar pra ter uma cútis daquela perfeição.

Mas quando a gente vê uma creuza postando um creminho, fazendo uma resenha e dando seu parecer, mostrando o efeito de verdade numa pessoa de verdade, aí sim a gente se interessa.
Porque isso é real. E isso é possível.


A Impala ressaltou a importância dos blogs atualmente.

Os blogs, devagarzinho, estão mudando a imagem de “mulher ideal”. De ice queen, ela passou a ser a de uma pessoa com a qual a gente se identifica. Uma imagem possível de se atingir.

E isso é ótimo, porque aí nos valorizamos mais, desejando ser não outra pessoa, mas uma versão melhor de nós mesmas.

E é aí que eu acho legal que entre a história das manicures pra indicarem as meninas. Menina bonita, alta e magra, tem a rodo. Mas a manicure é aquela que conhece melhor a garota, sabe como é seu jeito, sua personalidade, ou seja, conhece mais do que o rostinho bonito.
Pode falar com conhecimento de causa, indicar por outros motivos além da beleza e esse é um diferencial ótimo, na minha opinião. 

Além disso, rolou um papo rápido por skype com John Casablancas, descobridor de nada mais que Gisele. 
Educadíssimo, falou dos encantos incomparáveis da mulher brasileira, que vão muito além do físico. 
Éé, as creuza tão podeeeendo lá fora! Hahahah!

Outra coisa legal que ele falou foi que, se a indústria da moda nos vende esse modelo de mulher impossível de ser alcançado, é porque a gente compra. E é a mais pura verdade.
A mudança começa com a gente, começa com a mulherada se impondo e dizendo não.

E olha, eu bem acho que essa mudança já começou, viu. 

Fora as discussões super interessantes e produtivas, rolou o melhor tratamento pras blogueiras. Café da manhã maravilhoso, uma super atenção pra gente e até serviço de manicure.


Eu, fazendo as unhas e enlouquecendo a manicure, porque não parava quieta e estraguei duas seguidas, rs.

Escolhi o Jackie:


Leeendo! E olha que eu nem levava muita fé em esmalte cinza!



AS CREUZA TUDO REUNIDA:

O legal desses eventos é poder conhecer gente com quem só falamos pela internet. É muito bacana ver os rostos por trás dos blogs hilários que a gente vê por aí!


Descobri que a Milena, do MakeuPalooza mora do lado de casa e a fofa ainda me ofereceu uma carona!

Mi e eu! (foto roubada da Vivi)

E deixa eu contar o meu momento stalker! Hahahah

Estou eu no buffet, procurando um negócio de batata que a Mi recomendou, e olhaquemquemeaparece: A Vivi, do Trendy Twins!

Acho que quase matei a criatura de susto com o ataque que eu dei, hahahah. Ainda bem que ela é pheeena e foi super simpática!

Achei o máximo conhecê-la, porque o Twins é um dos meus blogs de beleza preferidos! 


Mi, Vivi e a creuza tiéte aqui.

As outras meninas também eram um amooores! 
Um beijo à Gabi do Casa da Gabi, às meninas do Não tire bife, ok?, à Steph do Charme Feminino, à Mari do Shopaholic, à Dani fofíssima do Que Unha Bonita!, à Mizoca do MakeuPalooza, à Vivis do Twins e à Carol do Futricô! Se eu esqueci de alguém me dêem um grito!


As blogueiras com Michel e Liliana (cliquem na foto que ela fica bem maior):

Foto: Que Unha Bonita!

Queria agradecer pelo convite e falar que adorei ver como a Impala está antenada com o nosso trabalho nos blogs e como está interessada no que a gente tem a dizer.

Depois do evento, Mi, Vivi e eu fomos no shopping Iguatemi, fazer as pheeenas na loja da MAC.
Eu só paguei de fina. No sentido figurado, porque não gastei um tostão lá! Yay!
É com orgulho que eu anuncio que saí da loja de alma lavada sem querer NADA. Olhem que milagre.

Tá, tudo bem. O iluminador Strobe era bem bonitão, mas confesso que não quis levá-lo.

Aí, fomos almoçar. Foi muuuito legal porque pude perguntar pra Vivi muita coisa sobre como é ter um blog tão grande, como administrar e mais um monte de coisas que uma newbbie como eu quer saber.
Gente, a criatura é um oráculo, saí de lá muito mais sábia. E é um amor, adorei conhecê-la!

E então, depois que ela foi embora, eu e a Mi fomos creuzar na Drogaria Iguatemi.
Acheeei os famosos lencinhos da Oceáne! Eba! Agora poderei fazer a resenha.

E a Mi achou uma promoção enviada pelos céus pra ela: o meu rímel preferido, o “Yes to Volume, No to Clumps” a um preço digno de Morangão: R$38,00! CORRÃO!

Adorei conhecer a Mizoka também, minha culeeega de blog e de perfumarias em comum, hahaha!


GOODIES:


Agora as parte que as creuza tudo tava esperando, hahaha!
Os brindes!

Todo mundo levou pra casa essa gift bag:



Com um alicate da Mundial a toda-a-linha-Divas (!!):

Já desfalcada pelas amigas. Caroline e Bárbara, quero meus esmaltes de volta segunda-feira, hein!

Que loosho! Outro dia eu tava reclamando que não achava nenhum e agora tenho todos! Impalatiamu!


Claro que hoje, no intervalo da faculdade, a gente pegou a Ju pra cobaia e fizemos ela experimentar a coleção inteira, um em cada dedo! hahaha!


Carol e Lú analisando as cores


A Jú não tem querer, hahahaha!


A Carol não é manicure

A Carol até montou todo um sistema pra lembrar o nome das cores, mas eu esqueci. Sei que o segundo da esquerda pra direita é o Audrey, o quarto é o Nicole e o último é o Marilyn.

Depois de experimentarem todos na cobaia Jú, cada uma pegou o que queria emprestado. 
Elas gostaram bastante que os esmaltes secam bem rápido, mas o estranho é que algumas cores eram completamente diferentes nas unhas do que nas embalagens. O Madonna, por exemplo. No vidro, é um vermelho bem forte, mas nas unhas ficou “rosa clubber”, segundo a Jú.

A mesma coisa aconteceu quando comprei o Donata. No vidro, era um roxo leeendo, mas na mão ficou que nem o 5ª avenida, que eu odeio.

No geral, foi uma delícia. O que mais gostei foi saber que as empresas estão espertas com os blogs, dando o valor que a gente merece e ouvindo, através da gente, vocês!